Apresentação da Pós-graduação Executiva em Gestão de Projetos e Sustentabilidade

No Instituto Politécnico da Guarda decorreu a cerimónia de apresentação da Pós-graduação Executiva em Gestão de Projetos e Sustentabilidade, resultante do Protocolo assinado entre o Instituto Politécnico da Guarda, a Bright Academy (empresa de formação em Gestão de Projetos) e a Associação Portuguesa de Gestão de Projeto (APOGEP).

Esta pós-graduação surge na sequência do apelo feito por empresas de recrutamento, que alertaram para lacunas nesta área e para a falta de profissionais qualificados em Gestão de Projetos. Com a frequência desta pós-graduação pretende-se, por um lado, formar quadros na área de Gestão de Projetos; por outro lado, ajudar a preparar os estudantes para uma certificação internacional na área.

De acordo com o Presidente do Politécnico da Guarda, Joaquim Brigas, esta pós-graduação “procura dotar os alunos de competências técnicas e comportamentais de Gestão de Projetos, pois faltam profissionais nesta área no mercado de trabalho e nós queremos formá-los no Politécnico da Guarda, dando assim resposta às necessidades das empresas”

Num contexto em que se verifica um crescente número de empresas interessadas em recrutar gestores de projetos, o Instituto Politécnico da Guarda, a Bright Academy e a APOGEP vão dar agora inicio a esta pós-graduação executiva em Gestão de Projetos e Sustentabilidade, que será lecionada nas instalações do IPG.

“Além da pós-graduação, vamos criar uma unidade curricular de gestão de projetos que seja oferecida a todos os cursos transversalmente, uma vez que as competências em gestão de projetos são relevantes para qualquer aluno, independentemente da sua área de formação, facilitando o seu recrutamento para qualquer função”, esclareceu o Presidente do IPG.

Miguel Carvalho e Melo, Diretor Geral da Bright Academy e também presidente da APOGEP refere que a Bright Academy irá facultar a colaboração de especialistas para lecionarem este curso, afirmando que “a componente da formação é integralmente prática, todos os módulos estão interligados e direcionados apenas num sentido: trabalhar um projeto do início ao fim, ao longo de todo o curso, com os alunos organizados em equipas”.

No final do curso, os alunos ficam habilitados a candidatarem-se ao exame de certificação do nível D da IPMA-APOGEP.

A IPMA – International Project Management Association, é uma confederação de associações de 72 países e o seu modelo de certificação, implementado em Portugal pela APOGEP, tendo reconhecimento internacional.

O início das aulas está previsto para outubro de 2019, que decorrerá no 1.º semestre letivo, com a duração de 152 horas.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *